quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

terça-feira, 19 de Agosto de 2014

SATA AZORES PRO PRESENTED BY SUMOL 14 - VASCO RIBEIRO CONFIRMADO NA PROVA AÇORIANA

O surfista português Vasco Ribeiro, de 19 anos, tem a sua vaga garantida no SATA Azores Pro presented by Sumol 2014, que se realiza de 2 a 7 de Setembro, na praia de Santa Bárbara, cidade da Ribeira Grande, ilha de S. Miguel.

O actual líder dos rankings europeu júnior e nacional open, circuito onde pode conquistar o seu terceiro título este ano, teve a sua vaga garantida através da atribuição de um wildcard pela ASP Internacional (Association of Surfing Professionals – entidade que rege o surf profissional em todo o mundo), aumentando assim para cinco a presença de portugueses confirmados na quarta etapa Prime do circuito mundial de surf de qualificação.
 
Vasco Ribeiro junta-se agora a Tiago Pires, Nicolau Von Rupp, Frederico Morais e Marlon Lipke, embora a presença lusa venha a ser de sete surfistas no total, uma vez que a organização ainda tem mais dois wildcards para atribuir. Lembramos que nas etapas Prime apenas podem entrar os cem primeiros atletas do ranking de qualificação.

“Estou muito contente com a atribuição deste wildcard,” comentou Vasco Ribeiro. “Estava em quinto lugar na lista de suplentes para esta etapa e já pensava que iria ficar de fora de uma das provas mais importantes na Europa. Tenho estado a entrar e sair constantemente do Top 100 ao longo da primeira metade do ano, por isso, agora, com esta hipótese que me estão a dar, de finalmente poder competir num Prime, quero aproveitar para fazer um bom resultado e garantir um lugar no Top 100 para o resto da época, de forma a poder competir nos restantes Primes da temporada. Quero também agradecer à ASP e pessoalmente ao Rodrigo Herédia, organizador da etapa, por terem tornado possível a minha presença nos Açores. É um local simplesmente único e fantástico, onde me sinto muito bem e onde espero conseguir fazer um bom resultado em Setembro,” concluiu o surfista da São João do Estoril.
 
Além de Vasco Ribeiro, também o surfista argentino Leandro Usuna recebeu um wildcard da ASP Internacional, o que lhe dará igualmente a possibilidade de competir nos Açores. Quem afinal não irá competir, devido a uma lesão num tornozelo é o brasileiro Filipe Toledo, vencedor do US Open, a terceira etapa Prime deste ano. Toledo agravou a sua lesão recente com o autêntico show que deu na Califórnia e vê-se assim afastado das provas do Tahiti (etapa do WCT) e dos Açores. Em sua substituição entra o também Top 34 Glenn Hall, surfista irlandês mas nascido na Austrália.

DFA
Foto: Direitos Reservados

segunda-feira, 18 de Agosto de 2014

JUVENIL ALEXANDRE MIGUEL (SANTA CLARA) ASSINOU PELA ACADÉMICA DE COIMBRA

Alexandre Almeida Miguel, mais conhecido no mundo do futebol micaelense por "Alex", é jogador dos juvenis do CD Santa Clara, de primeira época. Mas, o Santa Clara não irá contar no seu plantel com o atleta, pois o mesmo já chegou a acordo com a Académica de Coimbra para envergar a camisola do clube da cidade de Coimbra, para a época que agora se inicia.

Alex que realizou quatro épocas consecutivas no Santa Clara, seu único clube de formação, já se prepara para viajar para o centro do país, e passar para as ordens do técnico Rui Silva. Este “namoro” com a Académica de Coimbra teve início em 2012, aquando da realização do 1º Torneio António Bentes, onde Alex esteve presente juntamente com a sua equipa, na altura os infantis “A” do CD Santa Clara. Aliás, em 2012, já Alex dava nas vistas, tendo ajudado a sua equipa a vencer todas as provas organizadas pela AFPD.

Já como atleta iniciado, Alex apenas não conquistou o Campeonato de São Miguel, ao mesmo tempo que o interesse da Académica mantinha-se e os laços entre ambas as partes foram ficando mais próximos.
 
A juntar ao seu bom perfil desportivo, Alex fora sempre convocado para a selecção da AFPD, onde envergara a braçadeira de capitão. E o seu continuo posicionamento em campo levou a Académica a solicitar ao Alex, ainda atleta iniciado a deslocar-se a Coimbra durante as férias escolares (Natal e Páscoa), onde treinava com o plantel de iniciados. Agradou em primeira instância ao treinador Marinho Serpa e ao director da formação Vítor Zeverino, este último actualmente a desempenhar o cargo de treinador da formação do FC Porto.    

No último estágio, que decorreu durante as passadas férias da Páscoa, Alex treinou com os juvenis, agradando ao treinador Rui Silva que tudo fez para que ele ingressasse na sua equipa, conforme apuramos.

Assim, o jovem Alex é mais um talento açoriano, fruto da formação do Santa Clara que vai para o Continente, neste caso para a Academia da AAC/OAF, onde irá prosseguir os seus estudos e iniciar uma nova etapa desportiva.
 
O DFA chegou à fala com Pedro Botelho, actual treinador dos juvenis do Santa Clara, que referiu que “na apresentação pública do meu plantel, da próxima terça-feira, já não conto com o Alex. É essa a indicação que tenho da direcção do clube, e só desejo a melhor sorte para o Alex”.
 
Pedro Botelho foi dizendo que já conhece o Alex, desde que ele ingressou no Santa Clara, “e ele sempre mostrou grande aptidão para o futebol. Reconheço-lhe boas capacidades enquanto desportista, e a sua saída é algo que a minha equipa sente, mas que neste momento já está colmatada…”.
 
 
Mário Nunes (jornalista)
 
 
Foto: Direitos reservados

domingo, 17 de Agosto de 2014

INSCRIÇÕES ABERTAS NA ASSOCIAÇÃO DE TÉNIS DE MESA DA ILHA DE SÃO MIGUEL

Uma nova época está a começar e a Associação de Ténis de Mesa da Ilha de São Miguel, continua com as inscrições abertas para os clubes filiados e novos clubes que tenham interesse em entrar para a Associação e praticar a modalidade do Ténis de Mesa, na época 2014/2015.
 
Depois de se inscreverem na ATMISM, os clubes terão de realizar a inscrição dos seus agentes desportivos, treinadores e atletas, através de uma plataforma que vai existir no site da FPTM. As inscrições para a época desportiva 2014/2015, decorrerão até ao dia 16/09/2014, a fim de poder participar na primeira prova da época.
O formulário que se encontra no nosso site (http://atmism.webnode.pt), terá que ser devidamente preenchido assinado e carimbado pelo Presidente do Clube. Depois de preenchido deverá ser enviado por correio normal para: Associação de Ténis de Mesa da Ilha de São Miguel Rua Padre António Vieira, 38 - 1º Direito - Arrifes - 9500-374 Ponta Delgada, ou ainda pelo correio eletrónico para: atmismiguel@gmail.com.
Mais se informa que apenas serão aceites os formulários de inscrição dos clubes que possuam os seus saldos de conta corrente devidamente regularizados.
Toda a informação necessária para a filiação na ATMISM, pode ser encontrada no site: http://atmism.webnode.pt.
DFA

sábado, 16 de Agosto de 2014

sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

SANTA CLARA DESLOCA-SE DOMINGO AO SPORTING "B"

quinta-feira, 14 de Agosto de 2014

NADADORA OLÍMPICA MEAGHAN BENFEITO RECEBIDA E DISTINGUIDA COM MEDALHA DO MUNICIPIO DA RIBEIRA GRANDE

O presidente da edilidade da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, recebeu hoje a atleta Meaghan Benfeito, jovem nadadora descendente de pais açorianos que conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Verão, em Londres no ano 2012. A atleta de alta competição fez-se acompanhar pelos seus pais na visita aos Paços do Concelho.
 
Nascida em Montreal, Canadá, Meaghan Benfeito veio conhecer a ilha que serviu de berço aos avós, naturais da freguesia do Porto Formoso, apresentando ao presidente da autarquia as medalhas de maior relevo já conquistadas na carreira na natação sincronizada.
Recebida pelo executivo camarário, a jovem luso-canadiana foi presenteada com a medalha do município e produtos regionais tradicionais do concelho.
“Estar aqui hoje com a Meaghan Benfeito é reconhecer o valor de uma atleta de excelência e que é um exemplo para a juventude do nosso concelho” – referiu o presidente da Câmara.
Alexandre Gaudêncio realçou ainda que “sendo a Ribeira Grande o concelho mais jovem dos Açores e um dos mais jovens do país, é importante reconhecer e potenciar os nossos valores como bons exemplos para a juventude” – referiu. O mesmo autarca disse ainda que através da singela homenagem prestada à jovem atleta, a autarquia procura “estabelecer e reforçar laços de amizade com a comunidade emigrada no Canadá e nos Estados Unidos da América.”
 
DFA/CMRG

ASSOCIAÇÃO DE VETERANOS DO VALE FORMOSO ENCONTRAM-SE NA ILHA DA MADEIRA

No âmbito da geminação entre os municípios da Povoação e de Machico que perdura há 16 anos, a Associação de Veteranos do Vale Formoso em parceria com a Associação Desportiva de Veteranos de Machico, organizou uma deslocação, entre os dias 14 (hoje) e o dia 17 de agosto, à cidade de Machico, na Ilha da Madeira, fazendo parte do programa um jogo de futebol amigável entre ambas as equipas.
 
Fundada no dia 25 de Outubro de 2010, a Associação de Veteranos do Vale Formoso é composta por 20 elementos, sendo atualmente presidida por José Manuel Carreiro. Esta Associação tem como objetivos a atividade desportiva, recreativa e cultural, destinada a mobilizar os antigos praticantes do desporto; manter e desenvolver os laços de amizade e solidariedade entre todos os atletas, das várias gerações, revivendo e reforçando velhas amizades que o desporto criou e, por fim, promover a atividade física, manter relações de intercâmbio no País e estrangeiro. Segundo o presidente da Associação dos Veteranos, no grupo reina a boa disposição, camaradagem e amizade dentro e fora do campo, sendo estas as virtudes que os Veteranos do Vale Formoso levarão à Madeira  honrando assim o convite feito por parte dos Veteranos de Machico.

Os veteranos da equipa Furnense irão ter oportunidade no dia 14 de conhecer o Concelho de Machico com apoio logístico da Câmara Municipal local seguindo-se a apresentação de cumprimentos ao seu Presidente. No dia 15 será realizado um passeio pelos pontos turísticos da ilha. No dia 16 está programada uma visita dos veteranos à cidade do Funchal bem como do jogo de futebol com a associação de veteranos de Machico pelas 17h. No final do jogo, como vem sendo hábito, haverá um jantar de convívio entre ambas as equipas. O regresso está programado para o dia 17 de agosto.
 
Será a primeira vez que a Associação Veteranos do Vale Formoso se desloca para fora da região. Recorde-se que esta associação visitou em anos anteriores as ilhas da Terceira, Pico, Faial e São Jorge.
 
DFA/CMP

quarta-feira, 13 de Agosto de 2014

GRUPO DE VETERANOS DA ILHA DA MADEIRA VISITARAM O NORDESTE

Um  grupo de veteranos da Associação Desportiva da Camacha, ilha da Madeira, acompanhados por membros dos veteranos do Sporting Ideal, cidade da Ribeira Grande, visitaram o concelho de Nordeste.
 
O núcleo de veteranos madeirense tem como principal objectivo proporcionar actividades desportivas, culturais ou de lazer, dirigidas aos antigos atletas, dirigentes e colaboradores da Associação Desportiva da Camacha, mantendo, dessa forma, uma ligação efectiva ao clube.
Anualmente este grupo, que conta com quase quinze anos de existência, realiza um intercâmbio com outras associações de diferentes regiões nacionais e internacionais por forma a partilhar conhecimentos, experiências e promoverem a actividade física e desportiva e, consequentemente, hábitos de vida saudáveis.
A visita guiada por uma técnica de turismo da Câmara Municipal de Nordeste teve início na Ribeira dos Caldeirões - Achada, onde foi apresentada uma breve síntese da história daquele local, até à sua remodelação, uma vez que se trata de um dos pontos mais turísticos do Nordeste.
A segunda paragem teve lugar, na freguesia de Algarvia, nomeadamente no miradouro da Vigia das Baleias, lugar onde se faziam, antigamente, a observação dos cetáceos e a comunicação da sua presença aos pescadores. Ao chegar ao Nordeste, e depois de uma breve visita pela Vila, o Grupo foi recebido pelo Vice-Presidente da Câmara, Milton Mendonça, que deu as boas vindas e acompanhou no almoço que se seguiu na sede da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Nordeste.
Antes de terminar a passagem pelo Nordeste, a Câmara Municipal de Nordeste proporcionou, ao grupo, uma visita ao Miradouro da Ponta do Sossego com o intuito de mostrar as belezas do Nordeste como forma de promoção turística, um dos objetivos do executivo camarário de Nordeste.
DFA/CMN

REGATA DE VERÃO ARRANCA NA SEXTA-FEIRA EM ANGRA DO HEROÍSMO


terça-feira, 12 de Agosto de 2014

1º RALI ILHA DAS FLORES ARRANCA NA SEXTA-FEIRA

GD SÃO ROQUE COM INSCRIÇÕES ABERTAS NA ÁREA DA FORMAÇÃO

DFA

segunda-feira, 11 de Agosto de 2014

FUTSAL: PEDRO RAINHA É UM VERDADEIRO CASO DE SUCESSO NO ESCOLAR VILA FRANCA


                                        Foto: Direitos reservados
Pedro Rainha é um caso verdadeiro de sucesso no futsal do Clube Escolar Vila Franca Campo.
 
É um jovem que desde muito cedo deu garantias do seu potencial ao clube, mais propriamente desde os onze anos, onde já andava “misturado” e treinava com o plantel sénior. De salientar que os guarda-redes Ricardo Vieira e Ricardo Santos foram em grande parte responsáveis pelo trabalho junto de Pedro Rainha, bem como os professores Paulo Videira e Nuno Martins.
Para além de ter realizado a sua formação no Escolar de Vila Franca, o atleta Pedro simultaneamente treinava os restantes guarda-redes da formação do clube.
Mas Pedro Rainha apresentou sempre uma conduta desportiva para além do exigido, e de tal forma que quando ingressou nos juvenis do clube, subiu directamente para os seniores. Logo acabou por não jogar como júnior A, a sua primeira época.
Esteve a defender a baliza ao serviço dos seniores, na época que o Escolar de Vila Franca alcançou o 2º lugar do campeonato de São Miguel e consequente subida ao nacional, e ainda foi totalista nas três edições da III Divisão Série-Açores, em futsal. Também neste período de tempo, e aquando da passagem do mister Roger Augusto pelo Operário, o Pedro esteve para ficar no mesmo.
DFA

domingo, 10 de Agosto de 2014

MARCO VENTURA E O SEU CAMINHO DESPORTIVO - UM EXEMPLO NO MUNDO DO FUTEBOL MICAELENSE

REPORTAGEM
 
Marco Roberto Ventura, 37 anos, conhecido no mundo futebol micaelense por Ventura. É um jovem que joga futebol e reside na Vila da Povoação. É licenciado em Gestão de Empresas, exercendo a actividade de Técnico Oficial de Contas, para além de ser um jogador de futebol de craveira. A sua vida desportiva, que é longa, aliada a um enorme palmarés ficam retratados nesta reportagem em exclusivo para o DFA.

O futebol foi desde sempre a sua grande paixão, apesar de ter praticado outras modalidades. Começou por ser atleta de salto em comprimento, tendo conseguido os mínimos regionais para poder competir a nível nacional. Foi igualmente atleta de basquetebol tendo mesmo sido convocado para a selecção de São Miguel, tudo isto até aos 13 anos de idade, enquanto ia conciliando o futebol com o atletismo e basquetebol. Porém, o amor e paixão pelo futebol foi mais forte e Marco Ventura passou a praticar apenas a modalidade do futebol.
Aos oito anos de idade começou a jogar futebol 7, em equipas concelhias e selecções concelhias que competiam por toda a ilha. Acabou por chegar à selecção da Vila da Povoação, na altura treinado pelo Professor de Educação Física, Alberto Linhares.

De salientar que muitos dos actuais jogadores de futebol de São Miguel jogaram nestas selecções, onde começaram a despontar valores do futebol, que mais tarde confirmaram essa habilidade. E a vida propriamente dita de Ventura, começa no preciso momento em que a dada altura o Mira Mar SC foi recrutar vários atletas a esta selecção, tendo Ventura sido um dos eleitos.
 
Ora, estava dado o grande passo do que viria a ser o grande jogador Ventura, pois realizou quase toda a sua formação no Mira Mar SC, tendo sido treinado por "velhas glórias", como Vieirinha e Carlos Manuel, entre outros. Mas o nosso interlocutor não quis deixar passar despercebido o nome dum director que o marcou bastante durante a sua formação: de seu nome João de Deus “que foi como um pai para mim, impondo regras e principalmente, mostrando que a educação e o respeito pelos mais velhos e pelos adversários, faziam também parte do futebol”.
 
Ainda juvenil e posteriormente como júnior do Mira Mar SC, começou a ser chamado para treinar com a equipa sénior, que tinha no seu plantel muitos e bons profissionais. Disputavam na altura os seniores a Série E, dos nacionais. “Era um futebol fortíssimo e encontrávamos equipas continentais que apresentavam um futebol já muito competitivo e com um rigor tático e técnico de elevado nível. Aprendi muito nos treinos e fiz vários jogos na equipa principal, treinada pelo técnico Joaquim Trindade. Acho importante realçar o facto de que eu ainda joguei vários jogos no extinto Torneio do Santo Cristo dos Milagres que reunia várias equipas da ilha”.

E Ventura foi dizendo que jogou contra grandes equipas nos nacionais, sempre na condição de suplente utilizado, e que isso só o engrandeceu a nível desportivo. “Nessa época, o jogo que mais me marcou foi um Operário-Mira Mar, disputado na Lagoa, e onde alinhavam na equipa fabril nomes como Pauleta e Vítor Simas, entre outros. Assim, aos 16 anos de idade, eu tive o privilégio de entrar, por 20 minutos para tentar marcar o Pauleta, que já naquela altura era um jogador acima de todos os outros. Finda esta época, foi-me proposto pelo treinador do Mira Mar SC, Joaquim Mendes, ficar em definitivo, com o plantel sénior”. Mas a escola em Ponta Delgada que frequentava falou mais alto, e teve que recusar o convite. Foi então que o FC Vale Formoso contactou Ventura e o “acolheu” no plantel júnior, na altura com 17 anos. E a pesar nesta decisão esteve o facto de ter família a viver nas Furnas. Deu-se bem nos juniores, tanto mais que em pouco tempo era chamado pelo técnico dos seniores, mister Décio (Ribeira Grande), e “lá comecei a jogar com nomes como Salsa, João Massa, Mariano Marroco e o mais marcante de todos, foi o "Expresso das Furnas" - António José Louro. Foi este senhor na época seguinte, meu treinador nos seniores no FC Vale Formoso, me fez um defesa central. É a ele que eu devo o facto de hoje em dia ser central e ter aprendido a gostar de jogar nesta posição”. E assim se passaram quatro épocas nas Furnas, tendo ao longo desse tempo recebido convites, desde o Santa Clara ao União Micaelense, mas sempre recusou por imperativo de estudos superiores na Universidade dos Açores.

Terminada a licenciatura, voltou ao Mira Mar SC, e posteriormente ingressou no União de Nordeste, treinado por João Amaral, onde fez duas épocas. As condições apresentadas segundo Ventura, pelo União Nordeste eram irrecusáveis, o que o levou a aceitar o desafio.
 
Mas o FC Vale Formoso volta a abrir a equipa sénior e o treinador Juranir Cunha, assim como o presidente Sandro Ferreira, conseguem levar Ventura novamente para o FC Vale Formoso, onde fez uma temporada. Na época seguinte o Mira Mar SC voltou a ser o seu clube. Militava o Mira Mar no distrital de São Miguel.
 
“Senti que estava na hora de voltar a "casa". Voltei ao Mira Mar SC, e cá me mantenho aos 37 anos de idade, rodeado de miúdos que têm muito talento, mas cuja mentalidade não se adequa ao mundo do futebol. Até hoje, o que mais lamento, na minha longa carreira, é o facto de nunca ter vencido a Taça de São Miguel, tendo já chegado a quatro finais. No historial do Mira Mar, a equipa sénior nunca conquistou este trofeu... e se me perguntassem qual o meu maior desejo para esta época, eu diria que seria conquistá-lo”.
  
“Nunca conheci ninguém
como o Presidente Betinho…”
 
“Ao longo de todos estes anos, foram vários os treinadores e directores que conheci mas nunca ninguém como o presidente Betinho, do Mira Mar. Ele, Norberto Araújo, é alguém que sente e “sofre” imenso pelo clube querendo sempre mais e melhor, mas tantas vezes é criticado injustamente. Diariamente ele tenta fazer o melhor pelo seu clube, colocando tantas vezes a sua vida de parte em prol do Mira Mar SC. É triste, mas é verdade estas injustiças…”
 
Relativamente às dificuldades que o seu clube do coração atravessa, não é o dinheiro que o agarra ao Mira Mar, “pois como todos sabem, o clube vive dificuldades, mas o meu amor a este clube é maior que a ambição do dinheiro. E vou ficar neste clube até que o corpo me permita jogar. Mais tarde espero abraçar as funções de treinador de futebol e ficar à frente duma equipa sénior pois pretendo continuar ligado ao futebol”.

Em jeito de conclusão, “queria referir que o maior "título" que conquistei no futebol foi o respeito que ganhei de todos os adeptos e treinadores das equipas por onde passei...isso sim, faz-me sentir orgulhoso. Queria também deixar uma palavra aos jovens de hoje para que percebam de uma vez por todas, que a parte mais importante de um jogador de futebol é a cabeça e não os pés... podem ser craques, mas se a mentalidade não o for, não chegam a lado nenhum. Treinem e esforcem-se, sempre respeitando os mais velhos e os treinadores, que mais cedo ou mais tarde, serão recompensados.
 
 
 
Mário Nunes (jornalista)
 
Fotos cedidas por Marco Ventura

sábado, 9 de Agosto de 2014

sexta-feira, 8 de Agosto de 2014

HÉLDER CÂMARA E JOÃO SILVA VÃO ORIENTAR INFANTIS DO CD SANTO ANTÓNIO

O Clube Desportivo de Santo António vai no seu segundo ano de renascimento a sério no que concerne ao desporto de formação e no sector sénior, depois de uma paragem “obrigatória” imposta pela direcção do clube face à situação financeira que o clube vivia na altura.
 
Na época transacta considerada a temporada da viragem e do novo arranque do clube, onde o bairrismo dos jovens da freguesia e não só, aconteceu um feito, que para muitos era impensável: subir de divisão logo na primeira época desportiva.
 
Mas nem só de seniores vive o clube porque vão existir alguns escalões de formação, a exemplo do ano transacto. A título de exemplo podemos falar do escalão de infantis, para a época que vai arrancar em breve, que para já contabilizam catorze jovens que vãos ser orientados pelo técnico Hélder Câmara, que retorna ao Campo das Figueiras, depois de na época passada ter envergado a “camisola” do Capelense SC. Como adjunto, Hélder Câmara conta com João Silva, um jovem da casa, que assume simultaneamente o papel de director deste escalão.
 
Percursos da equipa técnica dos infantis…
 
O reconhecido técnico Hélder Câmara já conta com um longo percurso desportivo de onde se destaca o seu percurso como treinador:
2007/2008 - CD Santo António
2008/2009 - CD Santa Clara
2009/2014 - Capelense SC (inclui um ano de interrupção por opção)
2014/2015 - CD Santo António

Sete anos depois, Hélder Câmara regressa à casa onde nunca negou ter vontade de um dia regressar. “Foi aqui, em Santo António, o abrir de portas para treinar o meu primeiro clube. Por isso tenho muito orgulho em voltar a representar este clube onde temos um projecto muito bem delineado e muito seguro. É um orgulho poder estar num grupo e num clube que quer renascer…”
 
Quanto ao percurso de João Silva, adjunto e director dos infantis, que volta ao Santo António quatro anos depois, aqui fica traçado o seu perfil desportivo:
Começou a jogar futebol no CD Santo António, onde permaneceu nos sub-10 e infantis, tendo ainda feito uma época nos iniciados. No escalão de juvenis realizou uma época no JuvCap (Capelas).

No que toca à sua formação nos juniores, ela aconteceu no Capelense SC, primeiro em futebol e depois em futsal. Este ano vai fazer dupla com o Hélder Câmara nos infantis.
 
 
Infantis com o lema – “Aprender e divertir”
 
E a equipa técnica a terminar a conversa com o DFA, deixou claro quais são as linhas orientadoras para os infantis do Santo António. “Pensar jogo a jogo e conquistar a melhor classificação possível a nível de competição, tendo como lema da formação "aprender e divertir". Assim, tentaremos fazer os possíveis para os nossos atletas aprenderem o máximo a nível de futebol para que a nossa formação continue a formar jogadores e homens do futuro”.
 
 
 
Mário Nunes (jornalista)

quinta-feira, 7 de Agosto de 2014

PATINAGEM: FESTIVAL VERÃO REALIZA-SE SÁBADO NA CELEBRAÇÃO DOS SETE ANOS DO CPV CAPELAS

A comemorar sete anos de existência, o Clube de Patinagem da Vila Capelas realiza no próximo sábado, pelas 21 horas, um espectáculo sobre rodas, na Vila das Capelas, ilha de São Miguel.

O “Festival de Verão” em Patinagem Artística trata-se duma organização do Clube de Patinagem da Vila de Capelas, e terá lugar no Polidesportivo do Rossio, apresentando coreografias individuais, de grupo, quartetos e pares artísticos.
Este evento pretende não só divulgar a modalidade na localidade como mostrar todo um trabalho desenvolvido ao longo dos últimos sete anos e até cativar mais atletas para o Clube.
Toda a equipa está a trabalhar para que seja proporcionado à população um grandioso espectáculo onde a nota dominante será de muita cor, luz, alegria e classe. O festival vai contar com uma actuação do Grupo de Escuteiros da Vila de Capelas.
Após 7 anos de trabalho, esforço e dedicação por parte de todos os dirigentes, treinadores, pais, atletas e colaboradores, já consta da história deste clube muitos sucessos desportivos e uma crescente evolução do nível técnico dos atletas.
Estes sete anos foram repletos de competições, provas, festivais e convívios, de forma a promover a modalidade, o clube, a freguesia e a prática do desporto por parte dos jovens. “Apesar de todos os obstáculos encontrados nesta curta caminhada, o balanço é bastante positivo, com boas classificações tanto na patinagem de velocidade como na patinagem artística. O CPVC orgulha-se também de, por quatro anos consecutivos, reunir esforços, apesar de tão poucos anos de existência, para se fazer representar nos campeonatos nacionais de patinagem artística, de forma a fomentar o progresso técnico dos atletas”.
A entrada é gratuita.
 
DFA
Foto: APPD

quarta-feira, 6 de Agosto de 2014

APRENDER JOGAR TÉNIS DE MESA AGORA É MAIS FÁCIL

DFA

terça-feira, 5 de Agosto de 2014

XXXIII RALLYE SANTA MARIA ARRANCA HOJE NO FORTE SÃO BRÁS

DFA

segunda-feira, 4 de Agosto de 2014

domingo, 3 de Agosto de 2014

CD SANTO ANTÓNIO ARRANCOU COM TREINOS DE CAPTAÇÃO

Realizou-se ontem o primeiro treino de captação do Departamento de Formação do Clube Desportivo Santo António, no Campo das Figueiras.
Petizes, traquinas, benjamins e infantis, foram alguns dos atletas que se apresentaram ontem estiveram nas "Figueiras" num total de 30 crianças. O treino foi coordenado e orientado pelo técnico Hélder Câmara, tendo como seu adjunto João Miguel.
No próximo sábado e ao longo deste mês de agosto vão continuar os treinos de captação  entre as 10 e as 11.30 horas.
DFA
Fotos: Direitos reservados

GD GONÇALO VELHO INICIOU CAPTAÇÃO DE JOVENS - ILHA SANTA MARIA

DFA

sábado, 2 de Agosto de 2014

ANGRENSE E PRAIENSE EMPATARAM ONTEM

SC Angrense   1  -  SC Praiense  1  (resultado final)
 
Ao intervalo: 1 - 0.
 
Marcadores:
Angrense  - Cristiano Magina (g.p.)
Praiense  - Queirós (g.p.)
 
Jogo realizado ontem no Estádio Municipal de Angra de Heroísmo, na Ilha Terceira.
 
DFA
Foto: direitos reservados