segunda-feira, 30 de setembro de 2013

SENIORES: RABO DE PEIXE NÃO PASSOU NAS CAPELAS


Liga Meo Açores
 
Capelense SC   1  -   CD Rabo de Peixe   1   (resultado final)
Ao intervalo:  0 - 0.
 
 
Marcadores:
Capelense - Rúben Leite
Rabo Peixe - Vítor Vieira.
 
Desafio realizado no passado sábado no Campo de Jogos de Vila de Capelas, em Ponta Delgada.
 
 
 
 
DFA
Fotos: Maria Rocha/DFA

INICIADOS: CD SANTA CLARA VENCEU NO GD SÃO ROQUE - AFPD


Campeonato de São Miguel
1ª fase - iniciados
 
GD São Roque  0  -  CD Santa Clara  4  (resultado final)
Ao intervalo: 0 - 2.
 
 
Marcadores:
Santa Clara - Alex, Travassos (2) e Barão.
 
Desafio que se realizou no passado sábado no Campo de Jogos de São Roque, em Ponta Delgada.
 


 




DFA

domingo, 29 de setembro de 2013

MARÍTIMO SC VENCEU O V TORNEIO DE PONTA DELGADA EM HÓQUEI EM PATINS

Decorreu na noite de ontem no Pavilhão Sidónio Serpa, em Ponta Delgada, a final do V Torneio de Ponta Delgada em Hóquei em Patins. As equipas que estiveram nesta final foram o Marítimo SC (2ª Divisão Nacional) e o Hóquei Clube PDL (3ª Divisão Nacional), e que proporcionaram um bom espectáculo de hóquei em patins. A equipa do Marítimo venceu por 7-6, num encontro muito equilibrado e emocionante.
 
Mário Nunes

BASQUETEBOL: UNIÃO SPORTIVA ARRANCOU DA MELHOR FORMA NA NOVA ÉPOCA

A equipa de seniores femininos começou hoje a nova época da melhor maneira, ganhando por 64-59, à equipa de Torres Novas. Foi a segunda jornada do Grupo B, da Taça Vítor Hugo. Amanhã o jogo realiza-se pelas 17 horas contra a equipa dos Olivais FC..
 
 
 
 
DFA

JUVENIS: RABO DE PEIXE RECEBEU E VENCEU O BOTA FOGO

                                                                                  Foto: Direitos reservados
Campeonato de São Miguel - 1ª fase - juvenis
 
 
CD Rabo de Peixe   2  -  GD Bota Fogo   1   (resultado final)
Ao intervalo: 1 – 1.
Marcadores:
Rabo de Peixe – Zé (2).
Bota Fogo – (?).
 
Jogo muito disputado no meio campo com muito vento a incomodar as equipas, principalmente na primeira metade do encontro. A equipa da casa que acabou por vencer a partida, mas não teve a vida facilitada, apesar de na primeira parte ter tido um forte adversário que vinha de uma adversidade da natureza. É que o GD Bota Fogo marcou primeiro, jogou, correu muito, e causou alguns calafrios nas hostes da casa. Mas a equipa orientada por Jaime Sousa conseguiu incutir nos seus atletas o espirito vencedor, e acabou por conseguir sair para o intervalo com um empate a uma bola.
O técnico vencedor Jaime Sousa, que rapidamente recolheu às cabines mal o desafio terminou, ainda deixou uma mensagem através do DFA: “queremos dedicar esta vitória ao senhor Luís Barão que era director do clube e condutor da carrinha, e pai do nosso guarda-redes, e faz hoje um ano que faleceu” – disse.
 
DFA

INICIADOS: UNIÃO MICAELENSE RECEBEU E VENCEU SPORTING IDEAL

Campeonato de São Miguel – 1ª fase
Iniciados
 
União Micaelense   5  -   Sporting Ideal   0  (resultado final)
Ao intervalo: 2 – 0.
Marcadores:
U. Micaelense - Laró, Julim (3) e …(?).
 
O encontro que decorreu esta tarde no Municipal de Jâcome Correia, em Ponta Delgada, colocou em campo o União Micaelense e o Sporting Ideal, no escalão de iniciados. Duas formações que desde muito cedo apresentaram vontade em resolver a questão do desafio. Só que os golos não surgiram com a vontade desejada. E foi preciso 25 minutos para surgir o primeiro golo, que foi para os locais, para logo a seguir ampliarem o marcador, indo para o intervalo a vencer os verdes da Ribeira Grande por 2-0.  
A parte complementar trouxe outra dinâmica ao Ideal que a perder não baixou os braços e balançou-se para o ataque, como era seu dever. Mas os golos não surgiam, e foi o União Micaelense que acabou por marcar mais três golos, fechando assim a contagem final em 5-0.
De salientar que o Sporting Ideal ainda tentou a sua sorte e teve um golo nos pés, quando um seu atacante surgiu isolado na baliza à guarda do guarda-redes Henrique Ferreira. Passou pelo guarda-redes, mas acabou por sofrer uma falta do defesa Laró, ainda fora da área, tendo o árbitro assinalado falta simples.
Ainda uma palavra de apreço para o guarda-redes do Ideal, Zé Mota, que com a sua boa exibição evitou que o resultado fosse mais dilatado, pelo menos em dois golos que pareciam certos para o Micaelense.
 
DFA

JUNIORES DO SPORTING IDEAL FORAM EMPATAR AO CD RABO DE PEIXE

Decorreu esta tarde na Vila piscatória de Rabo de Peixe mais um desafio no escalão de juniores, a contar para a 1ª fase do Campeonato de São Miguel, onde os locais receberam e empataram com o “rival” Sporting Ideal, que arrancou na prova a mostrar, desde logo, que é um dos principais candidatos ao título.  
 
Relativamente ao encontro propriamente dito, este foi um desafio interessante de assistir, apesar da chuva que se fez sentir. O CD Rabo de Peixe a jogar em casa, tudo fez para levar de vencida a equipa do Sporting Ideal, mas acabou por não ir além de um empatassem golos no final do encontro. De realçar que os atletas da casa, nunca se deixaram intimidar pelos visitantes, bem pelo contrário, jogaram muito e apresentaram um bom futebol, tendo mesmo criado algumas situações de perigo.
Mas a realidade é que foi a formação orientada por Pedro França que manteve maior domínio de bola em campo, tendo apostado num xadrez em campo que boqueava por completo os atletas da casa que ao entrarem no meio campo, o fora de jogo era uma arma bem usada pelos atletas do Ideal. E assim se iam perdendo oportunidades para o Rabo de Peixe, por o esquema do Ideal funcionar.
De referir que no final do encontro, o director do Ideal, Hernâni Melo falou ao DFA, referindo que “este foi um resultado que não espelha a verdade do jogo, pois dominamos por completo os 90 minutos e desperdiçamos inúmeras ocasiões de golo”.
De frisar que este encontro terminou com este nulo, mercê da excelente prestação do guarda-redes local, que defendeu o possível e fez o impossível, tendo conseguido manter as suas redes invioláveis.
O Sporting Ideal joga já na próxima quarta-feira pelas 20.30 horas, no Estádio Municipal da Ribeira Grande frente ao Marítimo SC, enquanto o Rabo de Peixe no mesmo dia e hora, desloca-se ao Municipal Jâcome Correia para defrontar o União Micaelense.
 
DFA
Foto: Direitos reservados

sábado, 28 de setembro de 2013

SENIORES: SANTA CLARA JOGA ESTA TARDE COM FC PORTO "B" EM VN GAIA

GRUPO DESPORTIVO FAIAL DA TERRA FAZ HOJE APRESENTAÇÃO OFICIAL - AFPD


A Direcção do Grupo Desportivo Faial da Terra informa que vai realizar hoje, 28 de Setembro de 2013, a cerimónia de apresentação das suas equipas de futebol de infantis e do escalão de traquinas.
 
Esta apresentação pública terá lugar no campo de jogos do Faial da Terra, pelas 16 horas, ao que se seguirá um encontro entre os locais e o CD Santo António.
 
DFA

PASSEIO PEDESTRE “ROTA DA ÁGUA” REALIZA-SE HOJE NA LAGOA

No âmbito do Dia Mundial do Turismo, sob o tema “Turismo e Água – Proteger o nosso futuro comum” vai realizar-se hoje um passeio pedestre na cidade de Lagoa, denominado “Rota da Água”, numa iniciativa da Pousada de Juventude de Lagoa em parceria com o Parque Natural de ilha e colaboração do serviço de desporto da Empresa Municipal de Lagoa.
 
A “Rota da Água” divide-se em três sectores e percorre as condutas e as nascentes de água que abastecem as cidades de Lagoa e Ponta Delgada. Engloba um vasta área do concelho de Lagoa, delimitada a sul pelas populações do lugar do Remédios, Água de Pau e Ribeira Chã, a norte pelo Pico da Barrosa, a poente pelo Parque Florestal da Macela e nascente pela Ribeira das três voltas com um troço estimado de 20 km, passando por passadiços, pontes, túneis e aquedutos que há mais de 60 anos levam a água até aos aglomerados populacionais.
Além de juntar o pedestrianismo à temática da água, indo de encontro ao tema deste ano do Dia Mundial do Turismo. Importa também salientar que com a criação desta rota “pretende-se dar um contributo sustentável para o desenvolvimento local e dar a conhecer um pouco das potencialidades do concelho de Lagoa para se poder requalificar, preservar, valorizar e divulgar o que de bom e único detém o concelho, incentivar desportos de natureza e dinamizar o comércio tradicional, principalmente a restauração”. O trilho a ser percorrido hoje apresenta uma extensão de cerca de 4 km e terá uma duração aproximada de 3.30 horas. É aconselhado o uso de calçado apropriado, impermeável, lanche e água.
A concentração está marcada para as 9 horas, na Pousada de Juventude de Lagoa, onde será feita um breve apresentação do trabalho que tem vindo a ser feito no âmbito do trilho "Rota da Água".

DFA

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

INFANTIS: MARITIMO E ÁGUIA REALIZARAM O "ÚLTIMO" AMIGÁVEL ONTEM

Decorreu ontem ao final da tarde o último “ensaio” entre o Marítimo SC e o Águia Clube Desportivo, no Estádio Municipal de Jâcome Correia, em Ponta Delgada. É que este foi o último amigável entre as duas formações, antes das provas terem o seu início oficial, pois amanhã será o dia de dar o pontapé de saída de mais uma época desportiva.
 
Marítimo SC  1  -  Águia Clube Desportivo  7  (resultado final)
Ao intervalo: 1-1.
Marcadores:
Marítimo – Rodrigo Carreiro.
Águia – Paulinho, Afonso (3), André, João e auto-golo.
 
DFA

SENIORES: SPORTING IDEAL E OPERÁRIO ENCONTRAM-SE AMANHÃ NA RIBEIRA GRANDE


INFANTIS: CAPELENSE RECEBE AMANHÃ CF VASCO DA GAMA - AFPD

PATINAGEM: SALINA MONIZ NO TORNEIO NACIONAL DE BENJAMINS

Amanhã, sábado, o Comité Nacional de Patinagem Artística da Federação Patinagem Portugal realiza o Torneio Nacional de Patinagem Artística no escalão de Benjamins. A prova terá lugar em Castro Verde, em pleno Alentejo.
Em representação dos Açores, a Associação de Patinagem de Ponta Delgada terá presente a actual campeã regional de Benjamins, Salima Moniz patinadora do Clube Patinagem Santa Cruz, com 9 anos de idade e que participará numa prova de âmbito Nacional pela primeira vez.
Salima Moniz irá competir com outras 18 atletas do escalão de benjamins oriundas de todo o território nacional.
 
DFA

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

FUTSAL: ANTEVISÃO DA 1ª JORNADA (SÁBADO) DO CD RABO DE PEIXE

Futsal - 2ª Divisão Série “B”
 
É já no próximo sábado, dia 28 setembro que o CD Rabo de Peixe se estreia no campeonato nacional da 2ª divisão série ”B” de futsal, ao deslocar-se a Loures para jogar com Sportivo Loures, da A.F. Lisboa.
Nos jogos da pré-época o treinador Prof. António Fernandes já deve ter tirado ilações sobre a forma física que os seus atletas estão e o entrosamento dos mesmos pelos resultados apresentados. Uma nota bastante positiva é a continuação da maioria dos jogadores no actual plantel. Tudo isto é uma grande prova de confiança que a direcção do clube tem fase à contenção financeira.
Assim o plantel para esta época desportiva manteve-se quase na sua totalidade, sendo composto por:
Rui Filipe Silva Melo - guarda-redes, Cesar Filipe Flor Cabral (Chamon) - guarda-redes, Fernando Jorge da Ponte Pacheco – universal, Helder Manuel Carreiro Pacheco – universal, Joao Filipe Carvalho Arantes - ala, Leonardo Luis Rodrigues Rebelo – pivot, Durval Manuel Andrade Tavares – fixo, Sergio Bruno Pimentel Rego – fixo, Washington Silva de Oliveira – fixo, Jose Manuel Flor Arruda (Joe) – ala, dirigentes Paulo Tavares e José Vieira, treinador António Fernandes.
Reforços:
João Benevides Carvalho - ala – ex-Operário, Nuno Ricardo Benevides Ferreira - ala – ex-Capelense SC, Bruno Miguel Lima Arruda - ala – ex-Operário e Délcio Andrade - Ala - regresso ao clube.
Aguardamos pois por uma boa época desportiva sempre com a “mira” na 1ª divisão nacional.
 
 
Texto de José Araújo
Foto:CDRP

APPD COM TRÉS ÁRBITROS NACIONAIS DE HÓQUEI PATINS

Na reciclagem de Árbitros de Hóquei em Patins, realizada nos dias 7 e 8 de Setembro de 2013, na cidade do Porto, estiveram presentes nas provas de manutenção e acesso ao quadro Nacional de Arbitragem de Hóquei em Patins três árbitros da Associação de Patinagem de Ponta Delgada, na qual foram aprovados.
 
Assim sendo a APPD, passa a ter três árbitros nacionais, a manutenção do árbitro nacional Rui Martins e a subida dos árbitros Nicolau Botelho e Jorge Lopes.
 
DFA

HÓQUEI: V TORNEIO CIDADE DE PONTA DELGADA EM SENIORES


quarta-feira, 25 de setembro de 2013

FUTSAL: TAÇA DE HONRA - SENIORES - CALENDÁRIO REFORMULADO DA 1ª FASE - AFPD


FUTSAL: ANTEVISÃO DA 1ª JORNADA (SÁBADO) DO CLUBE OPERÁRIO DESPORTIVO


É já no próximo sábado que arranca o campeonato nacional da 2ª divisão, série ”B”, de futsal, com o Clube Operário Desportivo a receber o Burinhosa, da AF de Leiria.
 
O jogo do Operário como é habitual vai realizar-se no pavilhão da Escola Secundária da Lagoa, com muitas caras novas que vieram “reforçar” um grupo de jogadores que se mantiveram ao serviço dos fabris. Assim, e além do capitão Minhoca, que está a recuperar de uma lesão, ficou o guarda-redes André Lopes e Tukinha e José Feijão como treinador.
São reforços para esta época desportiva, Carroça – ex-Capelense SC, os juniores António, guarda-redes, André, Tiago e Jorge, Ruben Tavares – ex-Vendas Novas (UPVN), Passarinho – ex Académica, Andrezinho – ex-Vinhais, Lumber, ex-AMSAC, Nunças – ex-Leões de Porto Salvo e Duran ex-Azkar Lugo FS, de Espanha.
Do que se pode observar no Operário no jogo de apresentação com o CE de Vila Franca do Campo, o grupo já tem algumas rotinas muito embora tenha chegado a esta ilha alguns dos reforços na semana finda.
Na baliza temos o André Lopes que transitou da época anterior, mostrando-se com boa presença e defendendo remates com perigo para a sua baliza. Uma boa aposta é da promoção ao escalão nacional de quatro juniores da casa. Tukinha continua igual a si próprio, muito alegre e a orientar e bem os seus colegas em jogo. Quanto aos restantes jogadores do plantel vamos a ver a sua integração no clube, pois muitos deles vieram de clubes que militam na 1ª divisão e da vizinha Espanha.
Aguardamos pois por uma boa época desportiva sempre com a mira na 1ª divisão nacional.
 
 
 
Texto e foto: José Araújo

TAÇA DA LIGA: SANTA CLARA RECEBE ESTA TARDE O BELENENSES



Jogadores encarnados convocados para o desafio desta tarde no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.

Carlos Condeço convocou os seguintes atletas:
Serginho, Accioly, Minhoca, Igor, Hugo Santos, João Botelho, Mike, João Ventura, Paulo Arantes, Tiago Leonço, Diogo Moniz, Lucas Souza, João Pedro, Miguel Lourenço, Seidikki, Pedro Cervantes, Pacheco e Sandro.
 
    DFA

AÇORIANO RAUL GOULART PARTICIPOU NO VI TRIATLO OLIMPICO DA CIDADE DO FUNCHAL

No passado dia 22 de Setembro de 2013, a Cidade do Funchal acolheu a última prova desta época, a exigente distância Olímpica (1500 m de Natação / 40 Km de bike / 10 Km de run), sob a organização da Federação de Triatlo de Portugal/Associação Regional de Triatlo. A prova principal contou com a presença de trinta atletas em representação de seis clubes da Região.
 
“A semana que antecedeu a mesma foi bastante complicada, uma vez que contrai uma forte gripe impossibilitando de treinar a 100% e influenciando deste modo a minha participação na prova. A desmotivação começou se a instalar, pois todo o planeamento e preparação a que nos submetemos, ia por “água” abaixo. Dois dias antes e apesar de continuar um pouco fragilizado, decidi faze lo e fui para prova com o intuito de terminar lá. Os três segmentos correram-me bem, e consegui arrecadar uma boa classificação num triatlo com estas características”.
Na ordenação geral absoluta conquistou a 17ª posição da geral, cumprindo o total de 2h:28´. Já no escalão de seniores, Raul Goulart classificou-se na sexta posição. Todos estes valores em conjunto com o dos colegas, levaram à conquista de mais um pódio para a equipa do Clube Desportivo Nacional, à qual o açoriano Raul Goulart pertence.
“A minha próxima meta será a maratona do Porto (42km), no dia 3 de Novembro 2013, faltam precisamente 38 dias, e vai ser um grande desafio, pois nunca realizei uma prova com esta extensão”.
 
DFA
Fotos: Direitos reservados

FUTSAL: AD LARANJEIRAS REALIZA JOGO DE APRESENTAÇÃO NA SEXTA-FEIRA - PONTA DELGADA

SÉRGIO SILVA E FERNANDO NUNES SUPERAM EXPECTATIVAS NO RALI DE MORTÁGUA

Se dúvidas houvesse em relação à qualidade desportiva de Sérgio Silva ficaram certamente dissipadas com os resultados alcançados no Rali de Mortágua.
 
O piloto açoriano participou com Fernando Nunes no Rali de Mortágua, após ter alcançado um terceiro lugar à geral no Rali Aguiares da Beira, realizado no início de setembro.
Sem grandes expectativas iniciais, para além do desejo de terminar a prova, Sérgio Silva imprimiu um andamento forte e deixou bem claro que os argumentos técnicos nem sempre são decisivos para um bom desempenho.
Sérgio Silva e Fernando Nunes, estreantes nesta prova, alcançaram o terceiro lugar do Grupo N, e a oitava posição da geral. Estes resultados que poderiam ter sido superiores, se o piloto não tivesse sido penalizado com a neutralização da primeira especial, em virtude do aparatoso acidente do piloto madeirense Bernardo Sousa, que resultou na atribuição do tempo do último carro a cumprir a especial. “Lamento não ter feito o primeiro troço, pois tenho a certeza que poderia ter alcançado um melhor resultado” - referiu Sérgio Silva.
O piloto destaca da experiência que “quer eu, quer o Fernando Nunes, aprendemos muito com a participação nesta prova. O Rali de Mortágua é uma prova difícil, sobretudo para quem como nós fazia esta prova pela primeira vez”.
Sérgio Silva afirmou ainda, que “o resultado foi muito bom e dá-nos uma grande satisfação. Cumprimos o rali com um bom resultado, honrámos o apoio dos nossos patrocinadores e representámos com dignidade os Açores”.
Apostado em realizar apenas algumas provas cirurgicamente escolhidas, o piloto não hesita em considerar que “este é para já o rumo que escolhemos. Iremos fazer provas que nos atraiam pela sua dimensão e envolvência. É difícil conseguir os apoios necessários para montar um projecto desportivo, por isso temos de ser criteriosos nas escolhas que fazemos”.
Importante para o resultado alcançado foi o empenho da ARC Sport que uma vez mais teve a seu cargo a preparação do carro de Sérgio Silva. “Gostaria de agradecer à ARC Sport pelo apoio que me deu, e pelo excelente trabalho que realizou no carro” - afirmou o piloto.
O projecto desportivo de Sérgio Silva e Fernando Nunes conta com o apoio da Marisqueira Mariserra, Câmara Municipal de Ponta Delgada, Junta de Freguesia de Arrifes, Carlos Bernardo, Lda. – Rei dos Queijos, SATA, Hélder Ribeiro, Peixaria Adelino & Filhos, Lda., Kyboe, Transinsular, Agência de Viagens E-World Travel e da Beyond Azores.
DFA
Fotos: Direitos Reservados

terça-feira, 24 de setembro de 2013

FORMAÇÃO: RESULTADOS DO GD SÃO ROQUE DO FIM-DE-SEMANA - AFPD

Resultados dos escalões de formação do GD São Roque:
 
 
Iniciados:
 
C. Operário D.  0  -  GD São Roque   6
 
 
Juvenis:
 
GD São Roque  0   -   CD Santa Clara   3
 
 
DFA 

SENIORES: GD SÃO ROQUE FOI VENCER AO MIRA MAR SC

Taça de Honra - Seniores
 
 
Mira Mar SC  2  -  GD São Roque   3  (resultado final)
 
 
Desafio realizado no passado domingo no Campo Municipal da Povoação, Ilha de São Miguel.
 
 
DFA

PEDRO MOURA ORGANIZOU TORNEIO FUTSAL MASCULINO E FEMININO EM SÃO ROQUE – PONTA DELGADA


Decorreu no passado sábado, 21 de setembro, um torneio de futsal feminino e masculino no pavilhão do IVA, na freguesia de São Roque, no concelho de Ponta Delgada, em que o candidato do Partido Socialista à Junta de Freguesia de São Roque, Pedro Moura foi o organizador do evento.
 
Inscreveram-se quatro equipas femininas, Santa Clara, Clube Operário Desportivo, Atalhada FC e Atlético da Ribeira Grande. Na final para apuramento do primeiro e segundo lugar do Torneio, CD Santa Clara venceu o Atlético por 1-0, enquanto no apuramento para o 3º lugar jogaram Operário e Atalhada FC, tendo a formação do Operário vencido o pódio, já que venceu o desafio por 4-3.
Nos masculinos inscreveram-se seis equipas, Rossoneri, Oliveiras, Estrelas, S. Roque, Turcos e F.C.B., divididos em dois grupos de três equipas. Os primeiros dois classificados dos grupos foram o Rossoneri e o São Roque (4-0), enquanto para a conquista do terceiro lugar, encontraram-se o Estrelas e os Turcos (3-2).
Este torneio foi ajuizado pelo árbitro Márcio Almeida, da AFPD, convidado para o efeito pela organização, e que realizou um trabalho bastante meritório ao longo dos todos os jogos.
Durante a realização deste torneio as bancadas do pavilhão do IVA sito às “Maricas”, na freguesia de São Roque, acolheu uma boa assistência durante a maioria dos jogos, levando a que por vezes as claques de apoio se exaltassem um pouco à margem do bom senso desportivo.
Após as finais realizadas no pavilhão, a organização do torneio convidou todos os participantes a degustarem umas febras e frango no areal do Poço Velho, com a animação de Carlos Galvão e as suas bailarinas, conjuntamente com um DJ.
Durante o beberete o candidato à presidência da Junta de Freguesia, Pedro Moura, contou com a presença dos elementos da sua lista e de diversos apoios particulares, tendo proferido umas palavras de agradecimento a todos, tendo entregue depois o troféu do primeiro lugar da formação masculina à equipa dos Rossoneri.
 
 
Texto e fotos: José Araújo

FUTEBOL - SC LUSITÂNIA: DIRIGENTE MÁRCIO SILVA (BEBÉ), FALA DO CLUBE E DO QUE É ESPERADO NESTA ÉPOCA

A entrevista que se passa a publicar foi realizada ao dirigente Márcio Silva e publicada na página oficial do facebook, onde é retratado um pouco do que é esperado do Lusitânia para a presente temporada, que vai ser dirigida pelo técnico Cristiano Brás. Sem distorção, a entrevista é publicada na íntegra.
 
SCL - “Olhando para aquilo que tem sido o trabalho desenvolvido ao longo da pré-temporada, acredita que o plantel do Lusitânia reúne condições para garantir um lugar no quarteto da vanguarda do primeiro campeonato de futebol dos Açores?
MS - O objetivo principal é, na realidade, garantir a manutenção no quarteto da vanguarda, tendo em conta todas as circunstâncias vigentes, desde a mudança de treinador, à saída de alguns jogadores habitualmente titulares. Porém, temos muita esperança nesta equipa, pois existe imenso valor e enorme vontade de trabalhar e vencer.
É um ciclo novo para muitos de nós, sabemos que não será fácil, mas, claro, faremos tudo para que o objetivo, a determinada altura, possa ser outro. Tudo é possível no futebol, mas temos os pés bem assentos no chão. A pré-época tem sido deveras positiva. Tem havido muita aplicação nos treinos e a equipa está em harmonia.
 
Admite que é possível o Lusitânia se intrometer na luta pelo primeiro lugar?
O Lusitânia entra em todas as provas para vencer. Assim foi ao longo da história e assim continuará a ser. O objetivo é garantir a manutenção o mais rápido possível. Depois de estar nos quatro primeiros, tudo é exequível e lutaremos com certeza pelo primeiro lugar. Agora, antes de mais, precisamos de assegurar uma vaga no quarteto da vanguarda. A partir daí tudo pode acontecer. Tudo dependerá da sorte, das lesões e dos castigos.
 
A saída de jogadores-chave da época transata foi devidamente preenchida?
No Lusitânia, tal como acontece com todas as equipas que perdem jogadores importantes, outros chegam para suprir essas saídas. Foram contratados vários atletas, diferentes dos que partiram, é verdade, mas que pretendem ser tão importantes quanto eram os que deixaram o clube. Estamos muito satisfeitos com todos os jogadores e temos enorme esperança nas suas qualidades. Queremos que nos tragam imensas alegrias, às quais, aliás, o clube está habituado.
 
O quadro de dificuldades que a colectividade atravessa pode condicionar o rendimento desportivo da equipa?
Estive durante os últimos cinco anos no clube, enquanto jogador, e o quadro vigente nunca se refletiu no rendimento desportivo da equipa. Antes pelo contrário, pois deu-nos sempre mais força e motivação. Sabemos que as pessoas que estão a comandar os destinos da coletividade são sérias e que dão muito do seu tempo e conhecimentos.
Como tal, mais dia, menos dia, o Lusitânia honra sempre os seus compromissos. Por isso, todos sabemos que o momento atual não será um problema para a equipa, até porque o balneário é forte, unido e determinado.
 
O que é que o levou a assumir um cargo directivo na estrutura do futebol do Lusitânia, logo após terminar a carreira como jogador?
O Lusitânia é enorme, é um clube muito especial para mim, não só por ter sido jogador dos seus quadros, mas por ter crescido a vê-lo a ganhar e a fazer grandes jogos com ótimas equipas. Desde aí começou a minha paixão pelo Lusitânia. Estamos a falar de um emblema quase centenário e com imensa história.
O facto de ter aceitado este cargo foi simplesmente pelas pessoas que estão ligadas ao clube: comissão executiva, jogadores, departamento clínico, roupeiros, etc. São pessoas que me dizem muito e tenho enorme respeito por todas elas. Deste modo, decidi colaborar. Possuímos uma equipa de diretores no Departamento de Futebol Sénior bastante unida e dedicada, em que procuramos estar sempre em perfeita sintonia.
 
In: facebook do SC Lusitânia